2005/11/30

O Livro Do Desassossego

O homem não deve poder ver a sua própria cara.Isso é o que há
de mais terrivel.A natureza deu-lhe o dom de não a poder ver, as-
sim como de não fitar os seus proprios olhos.
Só na água dos rios e dos lagos ele podia fitar o seu rosto.E a pos-
tura, mesmo, que tinha de tomar, era simbólica.Tinha de se curvar,
de se baixar para cometer a ignomínia de se ver.
O criador do espelho envenenou a alma humana.
Fernando Pessoa.
(as fotografias humm..,quem sabe.)

2 comentários:

pedro disse...

sim,sim.....

João disse...

“Reconhecer a realidade como uma forma de ilusão, e a ilusão como uma forma de realidade, é igualmente necessário e igualmente inútil”

Por mais nitidamente que eu veja e compreenda a vida eu não lhe posso tocar.